segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Momento nostalgia: Cavaleiros do Zodíaco

"A Lenda nos diz que os Cavaleiros sempre aparecem quando as forças do mal tentam apoderar-se do mundo. Numa era longínqua, existia um grupo de jovens que protegiam Athena, a Deusa da Guerra. Eram chamados de 'Os Cavaleiros de Athena' e sempre combatiam sem armas. Conta-se que com um movimento de mão eles eram capazes de rasgar o céu. E que com apenas um pontapé abriam fendas na terra. Hoje, um novo grupo de Cavaleiros, com o mesmo poder e idêntica coragem, chega à Terra".


               Assim tinha início As Lendas de Uma Nova Era, o primeiro capitulo daquele que iria se tornar o anime (desenho japonês) de maior sucesso em terras brasileiras. A saga de Seiya e seus amigos em defesa da Deusa Athena conquistou os corações no já distante ano de 1994 quando começou a ser 
exibido  na extinta TV Manchete e logo virou uma febre que dura até os dias de hoje. Los Caballeros del Zodiaco, The knight of the Zodiac ou Saint Seiya, o nome original da animação publicada originalmente em forma de mangá (revista em quadrinhos japonesa) entre 1986 e 1989. Os personagens de Massami Kurumada rendem histórias e jogos de video game até hoje, mas aqui vamos nos concentrar nas primeiras sagas. 





Talvez um dos motivos do tamanho sucesso tenha sido o fato da ação ser bem diferente daquela vista nas animações norte americanas que até então dominavam a programação das TVs . As lutas sangrentas e que raramente o inimigo fugia (geralmente acabava moto em batalha) se tornaram um prato cheio para a garotada que comentava tudo na escola. As armaduras da Bandai também eram novidade, pois não estávamos acostumados com brinquedos com aquela qualidade, embora desde os Tokutaus dos anos 1970 os action figures de lá já tinham qualidade bem superior aos daqui. O enredo e os personagens com perfis psicológicos bem conflituosos eram um ingrediente a parte. E principalmente na primeira fase, a do santuário era legal ver os Cavaleiros de prata e de ouro acreditando que estavam lutando pela deusa Athena e pelo  que era justo - na série raramente apareciam vilões estereotipados e mesmo os ditos vilões não eram maus, apenas estavam enganados. Vários momentos comoveram os espectadores como o Cavaleiro do Dragão ficando cego para salvar os amigos e derrotar os adversários. Como sempre acontece nesse tipo de série alguns inimigos posteriormente se tornaram aliados, como o Ikki de Fênix e a amazona Sheena. 


Os 12 Cavaleiros de Ouro


                            Na primeira fase da Manchete os Cavaleiros renderam quatro especiais. Alguns lançados em cinema outros direto para o mercado dos VHS: Saint Seiya, A Batalha dos Deuses, A Batalha de Abel e A Batalha Final (Que de final nada tinha).Os defensores de Athena também inundaram os mercados com revistas, camisas, discos, bonecos e tudo mais que a criatividade conseguisse conceber para ganhar dinheiro. Toda a garotada (e até alguns adultos) corriam atrás das novidades relacionadas aos heróis. 
Herói e Heróis do Futuro: duas revistas que lucraram muito com os cavaleiros




Hilda de Poláris e os Guerreiros Deuses de Asgard
                                    
                 Hoje ainda são feitas histórias dos Cavaleiros do Zodíaco (não mais da autoria de Massami Kurumada. Algumas não escondem que são caça-níqueis inventando tramas absurdas apenas no intuito de geram mais grana. Alguns fãs até podem curtir, mas é melhor ficar com as lembranças da primeira fase cujo frescor só foi recuperado com a saga de Hades.  




Por mais que amemos até hoje os guerreiros de bronze somos obrigados a dmitir que as histórias eram bem repetitivas. Sempre a Saori era raptada e os Seiya e os outros deveriam resgatá-la. Nada disso irritava aos fãs, mas era muito estranho ver uma deusa sendo apanhada assim tão facilmente ( Se os outros deuses eram poderosos, por que logo Athena era tão frágil?)
                     
Ikki de Fênix: o mais forte cavaleiro de bronze
Seiya, o protagonista da saga

Posseidon e os generais marinhos


A armadura dourada de Sagitário sempre salvava o Seiya nos momentos críticos

O mestre do Santuário, um dos grandes vilões da série
Sheena,a  amazona Cobra
Marin, a amazona águia, mestra de Seiya


????????????

Os espectros de Hades

Mestre Ancião, uma versão do Mestre Yoda
Saori a deusa Athena

O mangá onde Seiya fez sua estréia
             Este post não pretende esgotar o assunto. Até porque todo fã tem sua visão pessoal!
                                
                                    ME DÊ SUA FORÇA PEGÁSUS!!!!!




2 comentários:

  1. Eu queria saber se vocês podem botar imagens de mulheres também , pois eu me confundir a personagem chamada Shun como uma mulher ,mais na verdade era um homem , pois tenho um trabalho para fazer envolvendo isso .Muito obrigada quem poderem me ajudar .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo retorno. Já estão incluídas duas imagens femininas.
      Abraços

      Excluir

Mundo Maia no facebook