domingo, 25 de março de 2012

Etiópia, um dos berços do cristianismo

Em uma época em que  a maior parte da Europa ainda era politeísta, um país do continente africano abraçara o cristianismo: A Etiópia, um dos Estados mais antigos do mundo, foi o segundo a adotar a religião cristã ainda no século IV depois de Cristo. Antes de Roma e depois apenas dos armênios. Ali a fé cristã (que até hoje é a maior no país) não foi introduzida pelos europeus (ainda não existiam nações europeias). A Igreja etíope afirma que sua origem está no funcionário real batizado por Filipe em Atos dos Apóstolos: 




"E o anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Levanta-te, e vai para o lado do sul, ao caminho que desce de Jerusalém para Gaza, que está deserta.
E levantou-se, e foi; e eis que um homem etíope, eunuco, mordomo-mor de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todos os seus tesouros, e tinha ido a Jerusalém para adoração, regressava e, assentado no seu carro, lia o profeta Isaías." (8:27)[4]
A passagem prossegue, explicando como Filipe ajudou o tesoureiro etíope a compreender a passagem do Livro de Isaías que ele estava lendo, após o qual o africano pediu para ser batizado por ele, o que Filipe fez. A versão etíope deste versículo menciona Hendeke (ህንደኬ); a rainha Gersamot Hendeke VII foi rainha da Etiópia de42 a 52 d.C.

Os cristãos da Etiópia são Ortodoxos e desde 1959 conquistou o direito de ter seu próprio patriarca, embora a supremacia honorária do Papa de Alexandria e, consequentemente, a necessidade do seu Patriarca, antes da sua entronização, de receber a aprovação do Sínodo da Igreja Ortodoxa Copta, que é a Igreja-Mãe da Igreja Ortodoxa Etíope. Ali muio cedo foi desenvolvida uma tradição monástica. 



Suas Igrejas esculpidas em rocha foram consideradas Patrimônio Histórico-Cultural da Humanidade, pela UNESCO em 1978. Elas são divididas em quatro grupos:
As Igrejas do Norte: Casa do Salvador do Mundo, Casa de Maria, Casa Gólgota, Capela Selassie e do Túmulo de Adão.
As Igrejas Ocidentais: A Casa de São Jorge; a mais preservada e bela das treze igrejas.
As Igrejas Orientais: Casa de Emanuel, Casa de Gabriel, Casa Abba Libanos



Igreja Santa Maria de Zion, onde está a Arca da Aliança com as leis dadas a Moiséis
Igreja de São Jorge, toda esculpida em rocha. Escavada de baixo para cima  em forma de cruz datada do séc XII

Fontes: http://tvbrasil.ebc.com.br/novaafrica/2010/03/19/17%C2%BA-episodio-a-beleza-de-lalibela-etiopia/#comments


http://nova-flor.blogspot.com.br/2009/04/cristianismo-ortodoxo-etiope.html 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mundo Maia no facebook