segunda-feira, 18 de maio de 2015

Acróstico de João Marcos Oliveira

João Marcos Oliveira, amigo, companheiro de turma do curso de Ciências da Religião resolveu fazer uma homenagem ao autor deste blog em forma de acróstico (gênero de composição geralmente poética, que consiste em formar uma palavra vertical com as letras iniciais ou finais de cada verso gerando um nome próprio ou uma sequência significativa) ate na qual ele é mestre. Publico aqui sua belíssima expressão artística na qual tive o privilégio de ser contemplado: 








ACRÓSTICO : DO BRASIL, NEGÃO, MAIA!


D  e qual rincão , negra tez, vieste?
O  ‘breu’ Hominal de sangue quente!

B  RASIL, O acolhera, O escravizando...
R  ruínas familiares atrás deixaste,
A  mor profundo do Continente Africano.
S  eres simples, humildes, olhares reluzentes       
I   mpregnando-os no sorriso de belos dentes
L  uz interior, na Terra à Vista....amando. 

N  as senzalas: entre o cansaço, fome e Fé
E  coavam hinos sagrados...muita ESPERANÇA                                
G  ratificavam à Burguesia, por mais um dia,
A  o dormirem. E cada acordar na ponte do pé.
O  Cenário, vários Centenários, acenam alegria.

M  AIAS, na América Central e México: dizimados,
A  os  INCAS, seu Império, extensão, também anulados,
I   NDÍGENAS, nas Américas: N/C/SUL...mínimos...
A  o ver-te Oh Negão! digo-Lhe: DEUS SEJA LOUVADO!!!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mundo Maia no facebook