quinta-feira, 4 de julho de 2013

Batman Begins - 8 anos


                   "O melhor filme do Batman e o único realmente comprometido coma  essência do personagem."   
Rodrigo Fonseca

A crítica feita por Rodrigo Fonseca no jornal O Globo lavou a alma dos fãs do vigilante de Gothan em Junho de 2005. Ali tinha início nos cinemas aquela que se tornaria uma das melhores trilogias de heróis de quadrinhos: Batman Begins. O filme, bastante respeitoso com a mitologia batniana chegou sem fazer muito alarde, pois o público ainda traumatizado com Batman & Robin (1997), filme de Joel Schumacher que quase sepultou a  carreira do Homem Morcego nos cinemas por ter sido mais uma caricatura do Batman. No filme de 2005 do cineasta Christopher Nolan o tom é totalmente diferente: Nolan optou por uma estética realista, com uma abordagem mais sóbria do herói. A idéia era "explorar a ideia realista de porque Bruce Wayne se torna Batman." Tudo, desde o uniforme até os veículos são funcionais, projetados para o mundo real. 


           O tom exagerado dos filmes anteriores foi deixado de lado - Gothan agora é a própria cidade de Nova York. O longa se tornou um grande sucesso de público e crítica naquele ano e abriu caminho para duas sequências: O cavaleiro das Trevas (2008) e O Cavaleiro Das Trevas Ressurge (2012). Apesar de ser alicerçado em um mundo real, um filme do Batman nunca foi tão fiel às raízes do personagem: Nolan buscou inspiração nas revistas Batman: O Longo Dia das Bruxas, O Retorno do Cavaleiro das Trevas e Batman, Ano 1 que mostra o primeiro ano de Bruce Wayne como o guardião de Gothan City. 





                  Muita gente não sabe, mas o longa começou a ser pensado desde 1997, com o fracasso de Batman & Robin. Foi pensando em levar para as telas uma versão com atores da animação Batman do Futuro e também adaptar o Retorno do Cavaleiro das Trevas, que traria Clint Eastwood como Homem Morcego. Também esteve em fase de pré-produção um longa chamado Batman Versus Superman, onde os dois heróis se enfrentariam até se unirem contra um inimigo comum. Também foi descartada pela Warner. Muitos outras idéias passaram pelo estúdio antes de Chris Nolan que agora assina a produção de Man of Steel, que estréia por aqui na próxima semana. Vida longa a carreira cinematográfica do Cavaleiro das Trevas!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mundo Maia no facebook