segunda-feira, 6 de maio de 2013

Islamismo

Trabalho feito para a aula de Ética nas Religiões na pós graduação em Ciência das Religiões na Faculdade São Bento




Ética no Islã


Diferenças entre a Bíblia e o Corão
No cristianismo o Verbo se faz carne; no islamismo o verbo se faz livro. Tudo que no cristianismo se atribui a Jesus, no islamismo é atribuído ao Corão.
No cristianismo a atenção volta-se para Jesus, que transmite ensinamentos de ordem espiritual – o mensageiro é o mais importante; Já o islamismo volta-se para o Corão que ao mesmo tempo transmite os ensinamentos espirituais e também ao modo como o fiel deve se comportar desde a vida no casamento até as regras para se fazer negócios.

O Corão contém a base das leis islâmicas – a Charia, que regula toda a vida dos fiéis, estipulando desde as regras de herança no divórcio até o comportamento nas ruas e mesquita.
O lado exterior é obrigatório a todos os fiéis. O aspecto místico é apenas para aqueles que se mostrarem aptos moral e intelectualmente, os que têm vocação contemplativa. A Charia é a lei da ação; o sufismo a lei da contemplação.


A Jihad (esforço na causa da fé)
Lutai na via de Deus contra aqueles que vos atacam, mas nunca inicieis as hostilidades. Deus não aprecia os agressores (sura 2,190)
A Jihad mais importante é a luta espiritual contra o ego e a vaidade.

“Nenhum de vós sois um crente enquanto não devotar pelo próximo o amor que devotais a vós mesmos”.
Maomé


Mensagem universalista
“Os melhores amigos dos muçulmanos são aqueles que dizem: Somos cristãos. Isto porque há sacerdotes e monges entre eles e não são orgulhosos”.
Corão: 5:82

O mais tolerante entre os monoteísmos, pois considera os judeus, cristão e hindus como “os povos do livro,” seguidores de religiões boas.

Jesus ocupa um lugar de destaque entre os profetas, é o Verbo de Alá, nascido de uma virgem. Realizou diversos milagres. O monoteísmo do Islã não o admite como sendo igual a Deus.

A Virgem Maria é a única mulher mencionada em todo o Corão (que lhe dedica toda uma sura) e é modelo para a mulher muçulmana. Muçulmanos fazem peregrinações aos santuários marianos da Europa.
Éfeso, no sudoeste da Turquia é outro lugar de peregrinação mariana, pois segundo tradição foi para lá que Maria se retirou após a crucifixão. Neste local se deu sua assunção.  

Fundamentalismo: Originalmente se referia a comunidades evangélicas dos EUA surgidas no início do século XX, que perplexas com o avanço do liberalismo, pretendiam retornar aos fundamentos do evangelho; A designação até então não tinha o caráter negativo que adquiriu posteriormente.

Até  meados do século XX a visão que tinha do Islamismo era a de uma religião conformista e fatalista.

A situação começou a mudar quando filhos das elites começaram a estudar nas universidades ocidentais e a ter contado com doutrinas revolucionárias: Marxismo, terceiro mundismo, marxismo-leninismo.





"Vem, vem, seja você quem for

Não importa se você é um infiel, um idólatra, um adorador do fogo

Vem, nossa irmandade não é um lugar de desespero

Vem, mesmo tendo violado seu juramento cem vezes

Vem assim mesmo".

Jalaluddin Rumi



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mundo Maia no facebook