sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Ajude o Haiti!

A Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro – por meio da Cáritas Arquidiocesana – em unidade com a Associação São Francisco de Assis na Providência de Deus, que realiza missão na cidade de Porto Príncipe, capital do Haiti, lança mais um gesto concreto neste Ano Santo da Misericórdia: “Alimente a esperança, ajude o Haiti”.
A segunda edição da campanha busca recursos financeiros e doações em gêneros alimentícios não perecíveis (preferencialmente leite em pó, feijão, arroz, açúcar, macarrão, farinha e fubá) para a população mais atingida pelo furacão Matthew.
"Diante da tragédia da passagem do furacão pelo Haiti, mais uma vez o país, que já vive uma situação precaríssima, foi atingido e ficou em uma condição pior. A Igreja no Rio de Janeiro, por estar presente em um trabalho conjunto com a Associação São Francisco de Assis, lança a campanha de ajuda ao povo haitiano. O que nós pedimos são gêneros alimentícios de primeira necessidade, pois são para suprir as questões de maior urgência, e recursos econômicos que possam ajudar a reconstruir a vida das pessoas", informou o vigário episcopal para a Caridade Social da Arquidiocese do Rio, cônego Manuel Manangão.
Doações
As doações de alimentos poderão ser entregues em todas as igrejas da cidade e na recepção do Hospital São Francisco de Assis na Providência de Deus, na Rua Conde de Bonfim, 1.033, na Tijuca. Os recursos financeiros podem ser depositados na conta da Cáritas da Arquidiocese do Rio: banco Bradesco, agência 0814-1, conta corrente 48.500-4.
Na campanha “Alimente a esperança, ajude o Haiti”, queremos ser um raio de esperança para as pessoas que sofrem. Nossa partilha vai gerar mais vida para muitos que estão morrendo de fome. Como Igreja, queremos transformar os sentimentos de solidariedade em gestos concretos”, afirmou o diretor do Hospital São Francisco, na Tijuca, frei Paulo Batista.
Situação no Haiti
O furacão Matthew provocou a morte de pelo menos 900 pessoas. Segundo as estimativas de algumas ONGs, a fúria da tempestade causou cerca de 21 mil desabrigados, enquanto 350 mil seriam as pessoas necessitadas de assistência, entre elas muitas crianças.
Primeira campanha
A primeira edição, em 2014, no Ano Arquidiocesano da Caridade, arrecadou 180 toneladas de alimentos, beneficiando muitas famílias atendidas pela Associação São Francisco de Assis na Providência de Deus por intermédio do projeto “Seja um raio de esperança”. Por essa iniciativa, foram criados para atender à população do Haiti – a mais pobre da América Latina – um centro de nutrição, um centro educacional e um ambulatório médico.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mundo Maia no facebook