terça-feira, 5 de março de 2013

Ainda o Cavaleiro das Trevas Ressurge


Por Carlos Maia
               Ok, tudo já foi dito sobre o filme, mas algumas inquietações precisam ser colocadas para fora! Para começar é de longe umas das melhores transposições de um personagem de quadrinhos para o mundo do cinema e o diretor acertou em cheio na abordagem realista do universo do Homem-Morcego. Mas é justamente essa opção "realista" que acaba traindo Nolan. O melhor exemplo é a Mulher - Gato vivida por Anne Hathaway. Se é para entrar em um universo real, dificilmente a personagem poderia protagonizar tantas cenas de ação com aquele  enorme cabelo à vista - Os adversários simplesmente poderiam puxá-lo ou o mesmo poderia facilmente ficar preso em algo... De qualquer forma dificultaria muito e a melhor solução seria um capuz ou usá-los bem mais curtos. Os enormes saltos também saltam aos olhos!!! As mulheres  entendem muito melhor disso, mas deve ser bem difícil sair distribuindo chutes e andar na bat-moto com usando aquilo!!!


Anne e o diretor Christopher Nolan
O Bane já teve todas as justificativas possíveis para a alteração em sua voz, mas um homem comum usando uma espécie de focinheira nunca teria aquela voz, ao menos que fosse filho do Lord Vader, A melhor opção seria mesmo a de manter a voz abafada ( O que não seria um problema aqui, pois o filme vem com legenda).

De qualquer modo, nada que faça a obra perder o brilho, mas são sinais que não deixam de ser notados pelos espectadores mais atentos. É lamentável que não tenhamos mais os filmes do Nolan, pois seria muito bacana ver o Pinguim, o Charada e o Senhor Gelo dentro de sua abordagem mais "pé no chão".                          


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mundo Maia no facebook